A importância do InnovaCities Program For Disable People

 INVENTIONS AND INNOVATIONS INNOVACITIES PROGRAM FOR DISABLE PEOPLE

Não há nenhuma dúvida que, enquanto humanidade, temos que rever as prioridades de investimentos em ciência, tecnologia e inovação. Gastamos bilhões e bilhões de dólares para uma corrida interplanetária, quando já sabemos que, não temos como ultrapassar o Cinturão de Van Allen. Temos 7,8 bilhões de habitantes (https://www.worldometers.info/world-population), onde estima-se mais de 2 bilhões de pessoas com deficiência no mundo (26%, considerando-se 2 bilhões – https://www.inclusivecitymaker.com/disabled-people-in-the-world-in-2019-facts-and-figures/). Diante deste número, o mundo capitalista já deveria ter acordado para INVESTIMENTOS em invenções e inovações que permitam atender a esta grande quantidade de seres humanos. Se não por amor ao próximo, que seja por amor ao capital. O importante é criar e inovar neste segmento. A proposta elaborada pelo cientista brasileiro, Marcelo Vivacqua, Director para América Latina da IFIA -International Federation of Inventors Associations, além de INOVADORA é de extrema importância, pois por dificuldades de acessibilidade, principalmente, estamos perdendo uma força de trabalho muito grande, que muito poderia estar contribuindo com sua inteligência e persistência para o crescimento e desenvolvimento humano. Ao disponibilizar FUNDOS FINANCEIROS para inventores e inovadores de todo mundo, através da Plataforma INNOVACITIES, alojada no Educasat World: http://educasatworld.com/site/innovacities pode-se inscrever projectos e, ao mesmo tempo, patrocinar projectos. Texto: Celso Salles

Proposta sintética do  ” Programa InnovaCities  WorldHandicap Inventions and Innovations


Autor: Marcelo Vivacqua

Público-alvo: 
Inventores independentes, cientistas e startups de todos os países que tenham, que desenvolvam soluções para pessoas com qualquer tipo de deficiência (motora, visual, cognitiva ou mental).

Objetivo:
Estimular o desenvolvimento contínuo de inovações inclusivas, que facilitem a vida das pessoas com eficiência, oferecendo-lhes uma melhor qualidade de vida com conforto e autonomia e, desta forma, devolvendo-lhes a autoestima e evitando o desenvolvimento de quadros de ansiedade e depressão.

Metodologia:
Lançamento de um chamada pública internacional publicada nos meios de comunicação da instituição
organizadora do African Handi Talents , ABIPIR e IFIA direcionado ao público-alvo com o objetivo de disponibilizar recursos financeiros para desenvolver, finalizar ou aprimorar uma invenção ou inovação inclusiva no prazo máximo de 24 meses.

A submissão da proposta deve apresentar carta de referência expedida por instituição de ensino superior, técnico, incubadora industrial ou comercial, atestando que o processo de desenvolvimento está em curso nas suas instalações.

Monitoramento e responsabilidade:
Para receber os recursos, receberá 4 parcelas, uma a cada 6 meses, sob responsabilidade e apresentação do produto desenvolvido.
A segunda parcela do recurso financeiro só será liberada após a aprovação das contas pelo Comitê de Gestão, e assim por diante.
Os vencedores devem participar de uma videoconferência uma vez por mês para que um representante do comitê gestor possa acompanhar o andamento do projeto, bem como assisti-lo.
Visitas ao local de desenvolvimento podem ser feitas por membros da equipe de gerenciamento de projetos ou por representantes locais credenciados sem aviso prévio.
Será concedida prorrogação do prazo para finalização do produto desenvolvido, desde que as justificativas técnicas sejam apresentadas e aceitas pelo comitê gestor.

Penalidades:
No caso de não cumprimento da entrega do produto final dentro do prazo sem justificativa aceita pela Comissão Organizadora, o interessado no recurso deverá devolvê-lo na íntegra.

Propriedade intelectual:
O beneficiário do recurso cederá os direitos de propriedade intelectual sem cobrar royalties às indústrias interessadas em produzi-los com vistas a entregá-los às pessoas com deficiência e às instituições que os representam, sem impedi-los de industrializá-los e comercializá-los. 
O beneficiário do financiamento propõe-se a vender o produto a preço de custo em valor a definir pela Comissão Organizadora para que seja entregue a pessoas com deficiência.  

Gestão: 

Daniele Adahi BIKPO 
Marcelo Vivacqua 
Celso salles 
Parceiros institucionais: IVOIREHANDICAP.NET,  IFIA,, ABIPIR E EDUCASAT 
Finanças: equipe de talentos africanos. 
Administração e Comunicação: Celso Salles, Daniele Adahi BIKPO 
Técnico-científico e inovação: Marcelo Vivacqua

Share this post

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email

Recent Posts

InnovaCities Program

Resumo

O Programa não tem caráter filantrópico, mas sim o objetivo de incentivar e promover a cultura da ciência, tecnologia e inovação, aplicadas ao desenvolvimento de soluções que impactem positivamente a qualidade de vida das pessoas com qualquer tipo de deficiência, física ou mental.

Newsletter

Assine e Receba

Translate »